Oxigenoterapia Hiperbárica como tratamento na intoxicação por monóxido de carbono

18 de Agosto, 2021
Lareira-1200x800.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

Na passada terça-feira, dia 10, um jovem casal sofreu uma intoxicação por monóxido de carbono (CO), na sequência de um banho num balneário de um parque de campismo, em Vila Real. Após ser acionado o auxílio, o casal foi transportado para o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro e em seguida para o Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, onde têm vindo a receber tratamentos na Unidade de Medicina Hiperbárica. Atualmente, o estado clínico do jovem casal tem vindo a evoluir favoravelmente, estando já fora de perigo.

A intoxicação por monóxido de carbono – gás natural, metano ou propano queimado – é uma das intoxicações fatais mais comuns de acontecer, ocorrendo através da inalação da combustão incompleta de hidrocarbonetos. Os sintomas manifestam-se de forma aguda, e podem provocar: cefaleia, náuseas, anginas, fraqueza, dispneia, perda de consciência, convulsões e coma. Em casos de maior exposição e/ou de diagnóstico tardio, poder-se-ão desenvolver, também, sintomas neuropsiquiátricos.

Os fatores que originam este tipo de intoxicações são: incêndios nas residências, automóveis vedados, aquecedores a gás, aquecedores de água quente, fornos, fogões a lenha ou carvão e aquecedores querosene.

A Oxigenoterapia Hiperbárica diminui e retarda os sintomas neuropsiquiátricos, bem como, elimina os níveis de monóxido de carbono do organismo.

2019-08-19 - LOGO CHC -02

O CENTRO HIPERBÁRICO DE CASCAIS é o primeiro Centro de Medicina Hiperbárica Português com câmaras monolugares que permitem fazer tratamentos médicos até 3 ATA.

Membro da EUBS

logowubs-2

Centro Hiperbárico de Cascais

© Centro Hiperbárico de Cascais 2020 - by Blendup Marketing Digital